São Paulo,SP 02221-020, BRAZIL
+55 (11) 98240.2802
coach@chrisgurgel.com.br

Medicina Integrativa

"Se é para ser feliz, mãos à obra!"

Medicina Integrativa.

Esses procedimentos já são realidade

Medicina Integrativa, uma realidade!

A medicina integrativa é um novo modelo de cuidado desenvolvido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que insere práticas alternativas aos procedimentos tradicionais. O órgão recomenda que todos os governos incluam o método à rede pública. Atualmente, a iniciativa tem maior destaque na oncologia, cardiologia, dores e pediatria.

O coordenador científico do Programa de Pediatria Integrativa do Instituto da Criança (Itaci) do HC, Ricardo Ghelman, argumenta que todos os novos tratamentos empregados consistem em evidências científicas. Em 2006, o Ministério da Saúde autorizava o uso de apenas cinco práticas no Sistema Único de Saúde (SUS). Neste ano, o número saltou para 19.

Para demonstrar a importância desses projetos, Ghelman afirma que foi observado, na Inglaterra, que o período de internação de crianças com câncer em quartos com vista para árvores é menor quando comparado ao tempo em que elas ficam reclusas em cômodos só com paredes brancas. Assim, o Hospital do Câncer Infantil da USP implementou a terapia pioneira de apreciação da natureza, em que a equipe médica interage mais com o meio ambiente.

Texto acima retirado de: Jornal da USP

Grandes hospitais nos Estados Unidos (como, por exemplo, o Johns Hopkins Hospital, em Baltimore – Maryland) na Europa (University College London Hospital, em Londres – Inglaterra), etc, estão oferecendo a terapia Reiki aos seus pacientes e treinando profissionais da saúde nesta técnica, a fim de promover também o bem-estar geral dos próprios profissionais.

Aqui no Brasil alguns hospitais já integram o Reiki como coadjuvante no tratamento de diversas patologias (Hospital Albert Einstein; Hospital Sírio-Libanês; Hospital Estadual do Mandaqui – São Paulo).

É preciso deixar bem claro que em nenhuma hipótese deve ser abandonado o tratamento médico, pois nenhuma dessas práticas jamais o substitui. O terapeuta nunca emite diagnóstico ou sugestões sobre tratamentos, medicamentos, etc. Isto é de competência apenas do médico.

Atualmente o Reiki, Meditação e a Hipnoterapia e outras terapias foram incluídas pelo ministério da saúde como práticas complementares nos tratamentos de algumas doenças e também em suas prevenções no SUS (Sistema Único de Saúde).

Quais os pontos positivos?.

Vantagens

Não é Religioso

Não está ligado a qualquer religião ou sistemas de crenças.

Não necessita fé

Não exige fé quanto a sua eficácia; apenas é necessária a disposição de cada um para receber a aplicação;

Efeito analgésico

A maioria desses procedimentos em muitos casos amenizam as dores e podem até fazer com que eles desapareçam temporariamente ou por longos períodos.

Não Invasivo

Não é invasivo; Na maioria desses procedimentos não é necessário despir, nem mesmo tocar a pessoa.

Dose Certa

Não há perigo de “superdosagem” ou erros de aplicação. A energia é naturalmente direcionada onde for preciso.

Trabalham as causas

Mente e corpo estão intimamente ligados, não é mesmo? Especialmente o Reiki, a Hipnoterapia e a Meditação ativa trabalham as causas das doenças, principalmente quando elas são doenças da mente. Tratando crenças, mágoas, rancores e outros sentimentos nocivos a saúde.

Faça aplicações de Reiki

 

Quais práticas oferecemos?.

 

Reiki

Hipnoterapia

Meditação Ativa

Qual a melhor prática para você?

 

Últimos Post´s.