Meditação Ativa: descubra uma outra forma de meditar?
  1. Descubra uma forma descomplicada, alegre e divertida de meditação!
  2. A meditação ativa combina técnicas de terapias corporais, respiração e meditação.
  3. O autoconhecimento e desenvolvimento pessoal pode ser muito mais prazeroso.
Quais os benefícios da meditação ativa para sua vida e trabalho?
meditação ativa

Atenção

Aumenta o grau de atenção nas tarefas.

Comunicação

Melhora a comunicação entre as pessoas da equipe.

Planejamento

Permite que cada ação seja planejada com calma.

Confiança

Ajuda a desenvolver confiança para defender os pontos de vista.

Equilibrio

Traz mais equilíbrio, evitando reações extremadas.

Autocorreção

Propicia autocorreção diária, ajudando a rever erros e acertos.

Clareza

Traz mais clareza para expor as ideias.

Líder atento

Torna os líderes mais atentos à equipe.
Receba vídeos gratuitos sobre como acabar com a ansiedade
Você não consegue meditar?
meditação do chakra do coração

Movimento

Mova-se e dê adeus a ansiedade com essa meditação.

Respiração

Acelere a respiração enquanto se movimenta e energize-se.

Recarregue

Renove suas forças para enfrentar os desafios diários.

Equilibre

Tenha ferramentas para ter uma vida em equilibrio.
Como isso pode afetar a minha vida e saúde?

Quando a energia do chakra do coração é bloqueada podemos ter um efeito negativo sobre nossa saúde física, mental, espiritual e emocional.

No que diz respeito ao corpo, isso pode incluir uma circulação fraca e extremos de pressão arterial. O coração, os pulmões e as extremidades superiores são bastante influenciados por esse chakra.

Esse bloqueio poderá causar, também, sentimentos de desconexão e falta de empatia, além de repercussões emocionais que incluem a incapacidade de confiar em si mesmo ou nos outros.

A insegurança profunda e os medos também são comuns.

Se o chakra do coração estiver fora de equilíbrio ou fechado, as pessoas tendem a ter personalidades cheias de raiva, tristeza, ódio e ciúmes, sendo, todas essas, manifestações físicas de um quarto chakra que precisa ser curado. Podem aparecer desafios mentais, assim como comportamentos manipuladores.

Mitos sobre meditação:
  1. Meditação é uma prática Religiosa? NÃO! A meditação é uma prática não religiosa, independente de religião. Você pode praticá-la acreditando e seguindo qualquer religião, e também se você não segue nenhuma religião.
  2. Meditar é controlar os pensamentos? NÃO! Pensamentos vem e vão, o que conseguimos com a Meditação é concentrar nossos pensamentos.
  3. Preciso ficar sentado na posição de lótus para Meditar? NÃO! No caso dessa meditação você tem estágios específicos a serem seguidos mas, normalmente, você pode se sentar aonde se sentir confortável, seja numa cadeira, num sofá, o importante é estar confortável!
  4. Qualquer pessoa pode fazer essa meditação? Sim, inclusive, idosos.
  5. Você deve Meditar por horas para ir mais a fundo? NÃO! Alguns minutos diários, com uma concentração na respiração, já serão capazes de te levar a uma viagem ao seu interior.
  6. Meditação é uma maneira de fugir dos problemas

    Pelo contrário, a meditação lhe capacita para encarar seus problemas com um sorriso no rosto. Na meditação são desenvolvidas habilidades para lidar com situações de uma maneira agradável e construtiva. Nós desenvolvemos a habilidade para aceitar as situações como elas são e tomar ações conscientes, ao invés de remoer o passado ou se preocupar com o futuro. A meditação alimenta a força interior e a auto-estima. Funciona como um guarda-chuva em dias chuvosos. Desafios surgirão, mas ainda poderemos seguir em frente com confiança.

  7. Meditação não é só bem-estar

    Além do bem-estar, a meditação tem também efeitos diretos sobre a saúde do corpo humano, não só no âmbito da mente.

    Estudos mostram que a prática pode minimizar sintomas de doenças cardiovasculares e até mesmo diabetes devido a sua influência no ritmo de funcionamento do organismo.

Deixe de ser escrava da ansiedade:
Clique em saiba mais e faça um teste, veja se essa meditação é para você: