São Paulo,SP 02221-020,BRASIL
+5511982402802
coach@chrisgurgel.com.br

Termine aquilo que começou

Liderança é um Comportamento!

Termine aquilo que começou

Sempre termine aquilo que começou. Essa foi uma frase que ficou gravada na minha cabeça e no meu coração.

Eu não sei você, mas eu me sinto muito mal quando não termino aquilo que começo, me sinto muito frustrada, fico com a impressão que a minha palavra não “vale nada”, me sinto uma completa impostora.

Há alguns anos atrás esse sentimento era uma constante na minha vida, comprava livros que não lia, fazia cursos que não aplicava, tinha planos (melhor falando: sonhos) que não realizava. E tenho que confessar que algumas vezes eu via minhas amigas tendo uma “grande oportunidade” e o primeiro pensamento não era de felicidade por elas, meu primeiro pensamento era: “- poxa, porque não tenho uma oportunidade dessas?”; Eu falava para mim que a única coisa que faltava na minha vida era alguém que acreditasse em mim.

Quando alguém me questionava sobre meus planos eu desconversava e sentia vergonha por nunca terminar as coisas que eu me propunha a fazer. As minhas desculpas muitas vezes eram que “eu não servia para aquilo” ou “que a coisa não eram como eu esperava”. Enfim, as desculpas eram muitas.

A grande verdade é que eu começava algo que não tinha um propósito maior, eu não sabia o porquê de está fazendo aquilo e quando não sabemos o porquê das coisas que fazemos essas “coisas” estão fadadas ao fracasso.

Aliás, que palavra linda, propósito. Tem muita gente falando de propósito ultimamente, mas, propósito não é só profissional. Algumas vezes o maior propósito de alguém é ser o melhor pai que puder ou o melhor marido, o melhor filho e assim por diante.

Podemos falar sobre propósito e missão em outro post. (Deixem nos comentários se vocês gostariam que esse assunto fosse abordado aqui.)

A grande verdade é que eu era o famoso “fogo de palha”, me empolgava com facilidade, queria fazer mil coisas mais no final não fazia nada e me sentia uma fraude. E confesso: eu tinha inveja das pessoas que obtinham sucesso.

Gosto muito do Seiiti Arata e no vídeo abaixo ele fala sobre o fogo de palha, confere aí:

 

 

Termine aquilo que começou e se livre da sensação de frustração

Termine aquilo que começou

Termine aquilo que começou

O que eu fiz para mudar isso?

Resolvi mudar quem eu era e instalei um novo mantra: Termine aquilo que começou!

A minha primeira providência foi me responsabilizar pelas coisas que aconteciam em minha vida. Se algo “dava” errado com certeza a culpa era minha, mesmo quando alguém me traia ou me “sacaneava” eu assumia a culpa.

O fato de eu assumir as rédeas da minha vida foi um divisor de águas para a mudança que eu vivo hoje porque eu parei de atribuir as coisas externas a responsabilidade pelo que me acontecia. Eu parei de ser uma vítima das coisas que me aconteciam e passei a ser responsável.

A outra coisa que eu fiz foi: Comecei a acreditar que as coisas não acontecem a mim e sim para mim.

Você pode me perguntar: “– Ok, qual a diferença?” ou “ – O que isso quer dizer?”

Quer dizer que eu acredito que quando acontece algo na minha vida acontece especialmente para mim, como uma benção (mesmo quando é algo de “ruim”), como algo que me mostra em quais pontos da minha vida eu tenho que melhorar ou aprender. Por isso sempre que acontecer algo de ruim na vida de vocês se perguntem o que vocês podem tirar de positivo e o que vocês podem aprender com essa situação.

Assim eu nunca perco nada porque quando eu não ganho eu aprendo algo, eu melhoro.

Você pode me perguntar: “- Ok, como eu faço para começar a acreditar nessas coisas?”.

Eu te pergunto: “- Como você sabe que Deus existe?”. Você tem fé!

Passe a aplicar essas duas crenças novas na sua vida e você terá como acreditar porque a sua vida começará a ficar diferente.

Esperamos ter motivação para realizar nossos projetos mas, a motivação vem com os resultados e não o contrário. Por isso, muitos projetos não saem do papel.

Quem já empurrou um carro sabe que a grande dificuldade é fazer com que ele saia do lugar, às vezes é preciso 04 pessoas para movê-lo mais depois que ele sai uma única pessoa o empurra fácil.

Eu deixo aqui um desafio. Quando você adotar essas crenças em sua vida tenho certeza que ela vai mudar. Comente aqui as mudanças que você terá em sua vida quando você for capaz de acreditar nessas duas crenças acima.

Quer um conselho: “- Termine aquilo que começou!”. Deixe de ser aquele jogador que está sempre no banco de reservas olhando os outros jogar. Seja o protagonista.

Você merece muito mais da vida e a vida merece muito mais de você. Lembra quando no início do post falei que única coisa que faltava na minha vida era alguém que acreditasse em mim. Pois é, realmente era isso mesmo que faltava mais a primeira pessoa que tinha que acreditar era eu mesma.

Lembre-se: “Se é para ser feliz, mãos à Obra!”

 

Deixe um comentário

4 Responses

  1. Raphael Vinícius says:

    Parabéns, Chris, me identifico muito com o texto. Comecei a perceber que algumas coisas que deixei de realizar ou ia contra valores meus ou contra minha missão. Quando começou a clarear quais valores influenciam em minhas decisões e qual minha (aquela que me faz bem) comecei a direcionar melhor projetos e ações. E quando fazemos o que nos faz bem, fica mais fácil e gostoso, tende a ter mais sucesso. Ate as coisas que não gostamos de fazer fica menos pesado, por que estamos carregados de energia boa.

    Vou amar ler um artigo sobre propósito e missão.

    Bjs

    • admin says:

      Olá Raphael,

      Gratidão em acompanhar o meu trabalho e por emanar essa energia boa em tudo que faz. Logo mais teremos o artigo sobre propósito e missão, aguarde e continue acompanhando! Beijo!

  2. Valdir Saraiva Filho says:

    Chris, ótimo texto. Ver novos hábitos como algo que é quem eu sou e não algo que eu tenho a fazer, muda a forma de lidar com os projetos e sonhos. Obrigado por me proporcionar tal reflexão!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *